18 de dezembro de 2014

Felipe Massa de casa nova na Fórmula 1

Felipe Massa assinou por duas temporadas com a Williams. Foto: Twitter

Felipe Massa assinou por duas temporadas com a Williams. Foto: Twitter

Fim do mistério. Após ser substituído por Kimi Haikkonen na Ferrari, o brasileiro Felipe Massa está de casa nova na Fórmula 1. Na manhã desta segunda-feira, a equipe Williams anunciou oficialmente a contratação do piloto que também tinha a Lotus, a Sauber e a Force India como opções para continuar na principal categoria do automobilismo.

Massa assinou contrato com o time inglês por duas temporadas e tem a opção de renovar o vínculo por mais um ano. Ele entrará no lugar do venezuelano Pastor Maldonado e terá o finlandês Valtteri Bottas como companheiro.

O pré contrato do brasileiro com o time inglês foi assinado no final de semana do GP de Abu Dhabi. O que faltava para o acerto final do brasileiro era a rescisão completa de Pastor Maldonado e a PDVSA, petrolífera venezuelana principal patrocinadora do piloto, que tinha contrato com a Williams até 2015. Com a saída dos dois, a empresa arcará com boa parte do acordo de 30 milhões de euros entre as partes.

Massa será o sexto brasileiro a pilotar na equipe de Frank Williams. Antes dele passaram por lá Nelson Piquet, Ayrton Senna, Antônio Pizzonia, Rubens Barrichello e Bruno Senna.

A despedida de Massa da Ferrari acontecerá no GP Brasil, no dia 24 de novembro, em Interlagos.

Confira o que disse Felipe Massa sobre a nova equipe dele na Fórmula 1:

“A Williams é uma das mais bem sucedidas e importantes equipes de todos os tempos da Fórmula 1.Quando era criança, sempre sonhei em correr por Williams, Ferrari ou McLaren. Estou feliz em assinar com outro ícone do esporte, após minha sequência na Ferrari”.

Veja o que Frank Williams disse sobre a chegada de Massa ao time:

“Estamos muito felizes em confirmar nossa dupla de 2014 e dar as boas-vindas a Felipe na família Williams. Ele é um talento excepcional e um verdadeiro lutador dentro da pista”.

Claire Williams, vice diretora da equipe, explica os motivos de acerto com Massa:

“Na Williams, a coisa mais importante é o talento. E isso sempre foi maior do que qualquer benefício comercial que um piloto possa trazer para o time. Felipe não é um piloto pagante. Ele deixou bem claro que não era esse piloto. Nós o escolhemos pelo seu talento e pela certeza que ele tem de que pode nos trazer bons resultados. Agora depende de nós explorar o fato de ele ser brasileiro e, o Brasil, contar com a maior audiência do esporte”

Confira também...

Comentários