22 de dezembro de 2014

Em jogo disputado, Robben decide e Bayern volta a conquistar a Liga dos Campeões

Por Bruno Muniz

 De vilão a herói, Robben decide e o Bayern volta a conquistar a Europa - Foto: Reuters

De vilão a herói, Robben decide e o Bayern volta a conquistar a Europa – Foto: Reuters

Após 13 anos, desde a última conquista, o Bayern de Munique voltou a conquistar a Europa. Em uma decisão disputada diante do Borussia Dortmund, Robben que vinha sendo chamado de “azararão” em finais, decidiu para o Bayern, uma assistência e um gol foram suficientes para levantar a taça em Wimbley, na Inglaterra.

O Bayern saiu na frente com gol do croata Mario Mandžukić, Gündogan de pênalti empatou e Robben garantiu a vitória e a conquista para a equipe vermelha e branca. Os brasileiros Luiz Gustavo, Dante, que cometeu o pênalti, e Rafinha, fizeram a festa com o título conquistado por seu time.

A campanha do Bayern de Munique foi sensacional, com direito a duas goleadas sobre o Barcelona na semifinal da Liga dos Campeões. Com a conquista, o Bayern garantiu vaga no Mundial de Clubes da FIFA, que será realizado em 2013 e 2014 no Marrocos, em dezembro, no fim do ano.

Muitas chances perdidas, goleiros se destacam

A primeira etapa de Bayer e Borussia foi dos goleiros, que fizeram grandes defesas e salvaram seus times. O Borussia começou melhor, mais objetivo e levando perigo ao gol de Neuer. A primeira boa chance foi aos 13 minutos, Lewandowski arriscou de fora da área e o goleiro do Bayer fez boa defesa.

Aos 15 minutos, nova grande chance do Borússia, Błaszczykowski apareceu bem na pequena área, mas, Neuer outra fez salvou o Bayer. O Borussia ainda teve mais duas oportunidades, aos 19 e aos 22, primeiro em chute de Reus e depois foi a vez de Bender arriscar, mas, o goleirão do bayer estava inspirado.

O Bayer conseguiu assustar o gol do Borussia aos 26 e 27 minutos, ambos lances de jogadas áreas. Na primeira, cabeçada de Mandžukić e grande defesa de Weidenfeller, já  na segunda, depois de cobrança escanteio, Javi Martínez desviou por cima do gol.

Os principais destaques de cada equipe, Robben no Bayer e Lewandowski no Borussia, perderam oportunidades incríveis de abrir o placar. O holandês perdeu duas chances na cara do gol aos 30 e 44 minutos, mas, não conseguiu superar o goleirão adversário. Já Lewandowski teve uma chance aos 35, ao aparecer na cara do gol de Neuer, mas, o paredão alemão saiu bem do gol e tirou com os pés.  Primeira etapa sem gols, 0 a 0.

Robben decide para o Bayer

Ao contrário do primeiro tempo, o Bayern de Munique foi mais objetivo na etapa final, enquanto, o Borussia Dortmund buscava jogar mais nos contragolpes. Diferente da etapa inicial, desta vez, o holandês Robben foi decisivo na partida para a alegria da torcida do Bayern.

O primeiro gol da partida foi em uma linda jogada de Ribéry e Robben, o holandês inteligentemente viu o croata Mario Mandžukić sozinho na área e rolou para ele, o atacante do Bayern não perdoou e finalizou para o fundo do gol. 1 a o.

Sete minutos foi tempo que demorou para o Borussia empatar o jogo. Aos 22, Dante cometeu pênalti claro em cima de Reus. Gündogan cobrou com categoria, goleiro para um lado, bola pro outro. Tudo igual, 1 a 1.

Porém, o Bayern de Munique continuava superior na etapa final e o segundo gol parecia questão de tempo. O Bayern desperdiçou algumas chances, uma em chute de Alaba, que o goleiro Weidenfeller defendeu, depois em bomba de Schweinsteiger, e outra boa defesa do goleirão do Borussia

O ditado ” água mole em pedra dura, tanto bate até que fura” entrou em ação. Aos 44 minutos, Ribéry deu lindo passe de letra para Robben, que só tocou na saída do goleiro. Golaço! Gol do título do Bayern, 2 a 1!

Veja a ficha técnica:

Borussia Dortmund 1 x 2 Bayern de Munique

Motivo: Final da Liga dos Campeões da Europa 2013
Data: 25/05/2013 (sábado)
Hora: 15h45
Estádio: Wembley
Cidade: Londres, na Inglaterra
Árbitro: Nicola Rizzoli (ITA)
Auxiliares: Renato Faverani (ITA) e Andrea Stefani (ITA)
Transmissão: TV Globo

Gols: Mario Mandžukić ( BAY), 15min 2ºT, Gündogan (BOR), 23min 2ºT, Robben (BAY), 44min 2ºT
Cartões amarelos: Dante e Ribéry ( Bayern de Munique); Grosskreutz ( Borussia)

Borussia Dortmund: Weidenfeller; Piszczek, Subotic, Hummels, e Schmelzer; Sven Bender (Sahin), Guindogan, Kuba Blaszczykowski (Julian Schieber), Grosskreutz e Marco Reus; Lewandowski. Técnico: Jurgen Klopp

Bayern de Munique: Neuer; Lahm, Jérôme Boateng, Dante e David Alaba; Javier Martínez, Schweinsteiger, Robben, Thomas Müller, e Ribéry (Luiz Gustavo); Mario Mandžukić (Mario Gómez). Técnico: Jupp Heynckes

Confira também...

Comentários